Blog Vinos & Viajes

Nova edição do seminário on-line de vinhos

Na última terça-feira, 11 de setembro, foi realizada a edição 2018 do Seminário Online de Vinhos, no auditório da UCEMA, organizado pela STG Consulting, com foco na abordagem renovada do canal digital, comunicação online e desafios para a estratégia de negócios. na indústria do vinho.

Com a presença de especialistas proeminentes e uma participação bem atendida, a conferência tratou do impacto do canal on-line sobre as vendas de vinhos argentinos e como o caminho do comércio eletrônico pode ser aprofundado, combinando on e off na indústria do vinho, identificando consumidores on-line , gerando links duradouros com eles, melhorando as opções de cobrança, facilitando e tornando a experiência de compra agradável.

Várias vezes durante o seminário organizado pelo consultor que dirige Dolores Lavaque foi ouvido que “é mais caro conseguir um novo cliente do que reter o cliente que já temos” como um grande conselho para aqueles dentro da indústria que têm a responsabilidade de expandir o mercado consumidor de vinhos.

Internet e Redes Sociais

O uso da internet mudou a vida dos argentinos nas últimas décadas. Segundo Gonzalo Peña, diretor da Consultora OH! Painel, o perfil do usuário argentino estabelecido por uma pesquisa de sua empresa, indicou que as principais atividades são envio e recebimento de e-mails, uso de redes sociais e busca de informações. Por sua vez, entre os 800 entrevistados, surgiu que a rede social mais usada é o Facebook, seguida pelo YouTube. Além disso, a maioria dos usuários, 66% se conectam usando o celular, seguido por 56% com netbooks e notebooks. Além disso, ele confirmou que o site mais usado para comprar online é o Mercado Libre, com 63% do mercado.

Por outro lado, parte dos dados que se destacaram do discurso de Andrés Rodríguez de Combinatoria, foi que 80% da população adulta argentina é usuária da Internet, o equivalente a 19,7 milhões de pessoas. Desse total, 90% compraram on-line, isto é, cerca de 17,8 milhões. E desse universo, 63% compraram nos últimos 6 meses, cerca de 11,2 milhões de pessoas. A partir desses dados, parece que o potencial do mercado é enorme.

Segundo a Combinatoria, a Argentina é o terceiro país do mundo em uso de redes sociais, que cerca de 90% dos argentinos conectados usam o Facebook, 76% olham para ele diariamente.

Links e coleções

Em outro, Hernán Olivieri Small Business Payments, uma empresa que fornece soluções de faturamento na Internet, recordou a necessidade de fornecer uma experiência de compra com base em soluções de simplicidade e oferecer para melhorar a arrecadação. Um fato a ser observado é que o processo de compra on-line termina com a escolha de um meio de pagamento: 20% dessa eleição corresponde ao pagamento em dinheiro.

Além disso, Dra. Gabriela Sirkis, Diretor Acadêmico do Departamento de Marketing da Universidade do CEMA, chamados links de forja entre empresas e clientes, como advertiu que na Argentina o público está presente no vinho, mas não marcas De vinho. Nesse sentido, ele convidou a criar relevância como forma de se sustentar no mercado.

Finalmente, Iván Amas de Andreani completou o seminário convidando a se concentrar no cliente e ouvi-lo, para melhorar a experiência de compra. Fornecendo também soluções de embalagem de acordo com a delicadeza do produto e medindo a satisfação dos clientes com os processos que foram executados para as operações.

D.U. – Originalmente publicado em Wines & Diagonals – blog de vinhos La Plata

Loading...